Conexão com a academia: STTP recebe visita técnica de estudantes de engenharia elétrica da UFCG

Consolidando a Prefeitura de Campina Grande como referência na utilização de tecnologias diversas (digitais ou não) para a gestão do trânsito e do transporte público, a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), recebeu, na tarde desta segunda-feira (23), a visita de estudantes do curso de Engenharia Elétrica, da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

Os alunos conheceram o Laboratório Especializado em Desenvolvimento Semafórico (LEDS) e o setor de Controle Operacional de Transportes.

No LEDS, os estudantes foram recepcionados pelo agente de trânsito e responsável técnico da semafórica, Alisson Márcio Nóbrega. Ele explicou todo o processo de fabricação e manutenção dos semáforos, destacando a economicidade que isto representa para os cofres públicos uma vez que não é preciso contratar empresas para realizar o serviço.

Já no Controle Operacional, o também agente de trânsito e chefe do setor, Hélder Carlos, pontuou como são empregadas tecnologias de monitoramento dos veículos em tempo real, bem como as tabulações de números de passageiros considerando o tipo de passagem utilizada.

Hélder Carlos e seus colaboradores explanaram ainda como funciona a ferramenta JU.LI.A. (Juntas Livres do Assédio), o aplicativo MobiCG e a integração dos dados ao Google de forma a facilitar a pesquisa, por parte do usuário, com relação a horários e rotas dos ônibus.

O superintendente da STTP, Carlos Dunga Júnior, destacou a importância dessa conexão com a academia. “O curso de Engenharia Elétrica da UFCG é referência mundial em qualidade. Para nós é um prazer mostrar para esses estudantes como estamos buscando economia e eficiência na prestação de serviço através da utilização de tecnologias”, observou Dunga Júnior.

Os alunos foram guiados pelo professor Jalberth Fernandes. Ele salientou o fato de a STTP mostrar como o que os discentes aprendem na universidade é desenvolvido na prática. “A STTP está sempre de portas abertas para nos receber e esse intercâmbio é fundamental para o desenvolvimento dos nossos engenheiros na UFCG”, apontou o docente.

Quer imprimir esta publicação ?

COMPARTILHAR