Plano de Mobilidade será debatido com a população nesta terça-feira, em Campina Grande

 

A coordenação do Plano de Mobilidade Urbana de Campina está convocando a sociedade para participar das discussões sobre o projeto, de autoria do Poder Executivo, que propõe uma série de mudanças, visando à melhoria do trânsito na cidade. A audiência pública acontecerá às 19 horas desta terça-feira (07), no auditório da Secretaria de Cultura (antigo Museu Assis Chateaubriand).

 

O projeto é fruto de um esforço conjunto de técnicos das Secretarias de Planejamento, de Obras, de Serviços Urbanos e da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), em conjunto com a Procuradoria Geral do Município (PGM). O Plano Diretor de Mobilidade Urbana do Município de Campina Grande PLANMOB-CG, prevê ações que valorizem o transporte público coletivo de qualidade, ações estruturantes e que assegurem uma melhor qualidade de vida à população campinense.  

 

Desde o último dia 31, o tema está em discussão na Câmara Municipal, com a participação de vereadores e técnicos da Prefeitura. A ideia é ampliar o debate sobre o assunto, considerando a necessidade de se buscar alternativas para minimizar os problemas de mobilidade, principalmente no centro da cidade. 

 

A coordenadora técnica do Plano, a engenheira Valéria Barros classificou como de grande importância a ampla discussão, inclusive com a participação da sociedade. Ela destacou como prioridades, elencadas no projeto, a adequação de calçadas, principalmente nas ruas centrais, a criação de vias destinadas ao transporte de bicicletas e de corredores exclusivos para ônibus.

 

Valéria informou que pesquisas recentes realizadas com vistas à implantação do plano, apontaram as calçadas esburacadas, com pisos lisos, muitas delas tomadas por comerciantes ambulantes, como os principais problemas para os pedestres nas ruas centrais da cidade.

 

A proposta, segundo a técnica, é estabelecer critérios para a construção de novas calçadas, inclusive determinando prazos para a adequação das já existentes, com acessibilidade e a devida segurança, ale, de disciplinar o comércio nessas áreas, para facilitar o acesso dos pedestres.

 

A pesquisa constatou que muitas pessoas se utilizam de bicicletas para se locomoverem ao trabalho. A alternativa, para facilitar esse tipo de transporte, com segurança, seria a construção de ciclovias ou ciclofaixas exclusivas para este fim. As vias que não oferecerem condições, com a devida segurança, deverão contar com sinalização limitando a velocidade máxima dos carros, para evitar acidentes.



Prefeitura Municipal de Campina Grande
Coordenadoria de Comunicação (Codecom)

Quer imprimir esta publicação ?

COMPARTILHAR