Plano de Mobilidade Urbana de Campina Grande será votado nesta quinta-feira na Câmara de Vereadores.

A Prefeitura de Campina Grande, através da coordenação do Plano de Mobilidade Urbana de Campina realizou na noite desta terça-feira, 07, a terceira e última Audiência Pública para apresentação final do PlanMob.

Durante o encontro, que aconteceu no auditório da Secretaria de Cultura do município, a sociedade oportunamente participou das discussões sobre o projeto, que é de autoria do Poder Executivo, e que propõe uma série de mudanças, visando à melhoria do trânsito na cidade.
Participaram da audiência pública, técnicos das Secretarias de Planejamento, de Obras, de Serviços Urbanos, da Procuradoria Geral do Município (PGM), e da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP). A ideia é ampliar o debate sobre o assunto, considerando a necessidade de se buscar alternativas para minimizar os problemas de mobilidade, principalmente no centro da cidade.
De acordo com a coordenadora do PlanMob, a engenheira Valéria Barros, tudo está sendo feito de forma participativa e transparente, garantindo que os futuros investimentos e o planejamento em mobilidade ocorram de forma ordenada e levem em conta as reais necessidades das pessoas no município de Campina Grande.
A Política Nacional de Mobilidade Urbana (PNMU – Lei 12.587/2012) rege que todos os municípios brasileiros que possuam mais de 20 mil habitantes devem elaborar esse Plano até abril de 2015. Se o Plano não for elaborado no prazo ou não seguir às diretrizes da PNMU, as cidades não receberão mais verbas federais destinadas à mobilidade urbana, até que cumpram as exigências da Política Nacional.
Votação – Desde o último dia 31 de março, o tema esteve em discussão na Câmara Municipal, com a participação de vereadores e técnicos da Prefeitura numa série de quatro audiências públicas, sendo finalizada na manhã desta quarta, 08.
A matéria foi apresentada aos vereadores pela coordenadora da elaboração do Plano, Valéria Barros, pelo secretario de Obras do município, André Agra, pela geógrafa Carol Magalhães e, pela gerente de transportes da STTP, Araci Brasil.
As discussões tiveram o objetivo de institucionalizar o Plano de Mobilidade Urbana de Campina. Nesta quinta-feira, 09, os vereadores apresentarão emendas ao Projeto que em seguida entrará em pauta para votação. Após a aprovação pela Câmara o projeto será sancionado pelo prefeito Romero Rodrigues, que levará para Brasília para entregar pessoalmente ao Ministro das Cidades Gilberto Kassab.

 

Quer imprimir esta publicação ?

COMPARTILHAR