STTP convoca beneficiários da gratuidade no transporte coletivo, categoria PCD, para o cadastramento e recadastramento 2019.

A Prefeitura de Campina Grande, por meio da gerencia de transportes da STTP comunica aos beneficiários da gratuidade nos transportes coletivos urbanos, de categoria PCD (Pessoas com deficiência), que a partir desta segunda-feira, 08, estará recebendo a documentação exigida para o cadastramento e recadastramento 2019.

Os interessados devem se dirigir ao setor de gratuidade da STTP, das 08 às 17hs, na segunda e terça-feira, e das 12 às 17hs de quarta à sexta-feira,  portando os seguintes documentos:

1 – Para os novos cadastrados: Cópia do RG; CPF; Comprovante de residência (casa alugada deve portar cópia do contrato autenticada) no nome da pessoa que vai fazer a pericia médica; Declaração de tipagem sanguínea; cópia de CPF de todos as pessoas que residem com o solicitante; documento de comprovação de renda; laudo médico de identificação do cid10 atualizado, e caso seja deficiente auditivo – cópia da audiometria.

2- Para os já cadastrados com CID definitivo: Cópia do Comprovante de residência atualizado, no nome da pessoa que vai fazer a pericia médica; cópia de CPF de todos as pessoas que residem com o solicitante; documento de comprovação de renda.

3 – Para usuários cadastrados com necessidade de avaliação médica: Cópia do Comprovante de residência atualizado, no nome da pessoa que vai fazer a pericia médica; cópia de CPF de todos as pessoas que residem com o solicitante; documento de comprovação de renda, e laudo médico com identificação de CID atualizado.

O calendário de avaliação médica será realizado sempre as quintas-feiras, necessitando a observação das datas do agendamento de acordo com a entrega de documentação.

O recadastramento é necessário para a troca das carteiras de gratuidade que estarão se vencendo em junho próximo. Dessa forma portadores de variadas deficiências com gratuidade aprovada, por meio de Perícias Médicas, receberão suas respectiva carteiras com livre acesso no transporte coletivo, sem ter que se preocupar em colocar a mão no bolso.

Assessoria de Imprensa
05/04/19

Quer imprimir esta publicação ?

COMPARTILHAR