Conselho de Transporte avalia Integração Temporal e 54 mil passageiros utilizaram o sistema em apenas 25 dias.

Conselho de Transporte avalia Integração Temporal e 54 mil passageiros utilizaram o sistema em apenas 25 dias.

Na manhã desta terça-feira, 05, na STTP, foi realizada a reunião extraordinária do Conselho Municipal de Transportes Públicos (Comutp) com a pauta especifica de avaliação da implantação do sistema de Integração Temporal de Campina Grande.

Após 25 dias do beneficio implantado no sistema de transporte coletivo tem surpreendido positivamente aos Conselheiros, pela aceitação das pessoas que já utilizaram a integração nos bairros no primeiro mês. Dados da bilhetagem eletrônica mostram que 54 mil passageiros fizeram integração temporal, somente no mês de janeiro. O representante do Sitrans, Alberto Nascimento, apresentou um relatório de passageiros transportados x tarifa desconto, como também um demonstrativo diário e mensal, dos passageiros que estão utilizando o novo sistema de integração temporal, representando mais de 10% do total de passageiros transportados/mês.

De acordo com o superintendente da STTP os números são representativos e mostram que as pessoas estão utilizando e entendendo a implantação desse beneficio do transporte público. “Evidentemente existe alguns ajustes a serem feitos, em especial garantindo o direito das pessoas dentro do próprio Terminal de Integração físico, além do ajuste das linhas em que a própria comunidade tem apontado como sendo necessário a ampliação do tempo para a integração”, disse Félix.

foi feita uma proposta de implantação de uma área de zoneamento georeferenciada para que através do cartão Valebuscard, e de forma inteligente, possa também garantir o tempo suficiente de integração, dentro do Terminal, e naquelas áreas onde há necessidade de ampliação de tempo em algumas linhas.

Em relação aos cartões provisórios que estão sendo entregues na Integração física, prá quem está pagando com o dinheiro, já está sendo estudado para que ainda nesta fase de testes ocorra uma solução adequada para que não haja prejuízo pra  ninguém. Outro ponto discutido na reunião, foi a garantia em ata do Conselho do compromisso da manutenção dos serviços do Terminal de Integração físico.

Ainda na abertura da reunião o superintendente da STTP, Felix Neto, fez uma avaliação sobre o impacto do recente reajuste da tarifa de ônibus. Oportunamente foi apresentada aos conselheiros, uma planilha atualizada com dados comparativos do reajuste das novas tarifas de transportes públicos do país, como em cidades e capitais do nível populacional de Campina Grande, onde muitas delas também tem subsídios.

O Conselho Municipal de Transporte Público é composto por 14 conselheiros, representantes da sociedade civil. Durante a reunião de avaliação da Integração Temporal, estiveram presentes os representantes: da  STTP; UCES; Sitrans; Associação dos Aposentados; Sindicato dos Motoristas; Fiep; Sindicato dos Taxistas; Sindicato Rural, e, Sesuma. Cinco membros representantes estiveram ausentes: Clube de Mães, Sindmoto, Câmara de Vereadores, FCD, e o representante dos estudantes (DCE).

Assessoria de imprensa
05/02/18
COMPARTILHAR