Prefeitura de Campina Grande institui Dia Municipal em Memória às Vítimas de Acidentes de Trânsito

Vinte e sete de maio é agora o Dia Municipal em Memória às Vítimas de Acidentes de Trânsito em Campina Grande. A data foi estipulada em projeto de lei 141/2022, enviado pelo prefeito, Bruno Cunha Lima, e aprovado pela Câmara Municipal.

De acordo com o que determina a lei, caberá ao Poder Executivo, em especial por meio da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), realizar eventos educacionais e promover o amplo debate acerca da conscientização da política municipal de trânsito, na data estabelecida.

A data faz menção ao dia fatídico (27 de maio de 2021) do acidente do entragador Allan Kardec Batista de Lima, 32, que faleceu em um acidente de trânsito enquanto trabalhava, ao chocar seu veículo com um ônibus, no bairro do José Pinheiro.

Esse fator, inclusive, motivou a criação do Núcleo de Estudos de Acidentes de Trânsito (NEAT), por parte da STTP. O NEAT produz estatísticas em tempo real sobre sinistros de trânsito e propõe solucões objetivas de sinalização, fiscalização e educação para reduzir os acidentes no locais críticos.

Todo dia 27 de maio, a STTP deverá também realizar eventos que integrarão a campanha educativa Maio Amarelo e serão destinados a homenagear pessoas vítimas de fatalidades no trânsito, respectivos familiares e amigos, além de celebrar os sobreviventes de acidentes, bem como a condecorar equipes de emergência dedicadas ao salvamento de vítimas de acidentes que, diariamente, lidam com as consequências traumáticas das mortes e lesões no trânsito.

Dentre as ações planejadas para este dia 27 (sexta-feira) haverá atividade educativa na Indústria Alpagartas, no turno da manhã, e na Escola Municipal Rômulo Gouveia, no complexo Aluízio Campos, no turno da tarde. “A instituição dessa data nos traz mais responsabilidade no que tange a encontrar soluções para reduzir o número de mortes no trânsito. Ademais, temos que unir a população em torno desse objetivo. Intensificaremos, portanto, ações diversas para conscientizar a sociedade”, salientou Carlos Dunga Júnior, superintendente da STTP.

Justificativa

Segundo o texto que estabelece a data de homenagens, de acordo com o Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde, apenas no ano de 2016, foram registradas 37.345 mortes relacionadas a acidentes de trânsito, no Brasil.

Além disso, segundo o Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), 600 mil pessoas ficam com sequelas permanentes em decorrência de acidentes de trânsito a cada ano. A importância dessa questão ganha contornos ainda mais alarmantes ao constatar que 60% dos leitos hospitalares do Sistema Único de Saúde (SUS) são ocupados por vítimas de acidente de trânsito, bem como 50% dos centros cirúrgicos.

Codecom

Quer imprimir esta publicação ?

COMPARTILHAR